Queda de Pelos em Gatos

Thumb Queda de Pelos em Gatos

Os donos devem ficar atentos com a queda de pelos em gatos, pois tem aquela queda normal anual, geralmente no calor, e aquela queda que pode ser por alguma patologia, que poderá ser uma dermatite que pode causar a chamada alopecia.

Quando devo me preocupar com a queda de pelos em gatos

O dono deve se preocupar quando o seu gatinho apresentar regiões sem pelo, ou seja, com falhas. Essas áreas sem pelos são chamadas de áreas alopécicas. Consulte o veterinário o mais rápido possível pois pode ser sintomas de várias dermatites que veremos a seguir.

Micoses

A micose é uma das causas mais comuns de queda de pelos em gatos, que podem ser causadas por fungos ((Microsporum, Thricophyton ou Epidermophyton) que se instalam na pele, pelagem e unhas do animal. O fungo Microsporum canis também é um fungo muito comum que os gatinhos contraem e os humanos podem ser infectados também.

Gato Micose

Picada de pulga pode levar à dermatite alérgica

Alguns gatinhos são alérgicos à saliva das pulgas, bastando uma única pulguinha para causar um estrago e uma grande coceira (prurido). Como os gatinhos se lambem muito fica difícil de visualizar as pulgas.

Gatinhos com alguma dor pode facilitar a queda de pelos

Uma dor localizada pode levar o gatinho a lamber muito o local da dor e causar a queda de pelos naquela região.

O stress pode levar o gato a ter alopecia psicogênica

O gatinho se lambe muito e arranca os pelos com os dentes, ficando com falhas no abdômen, lateral das costas e membros. O dono deve ficar atento pois, esse trauma pode levar a consequências mais graves.

Gato Coceira

Alopecias sem prurido (coceira)

Ainda podemos citar duas outras causas de alopecia nos gatos, mas que não são observadas com frequência. São elas a hipotricose congênita e o eflúvio telógeno.

A hipotricose congênita é uma condição rara onde um ou mais filhotes de uma ninhada nasce sem pelos ou perde grande parte deles antes do primeiro mês de vida. Apesar de não causar nenhum desconforto ao gato é preciso tomar cuidados com a pele exposta, especialmente com relação aos raios solares.

O eflúvio telógeno é uma condição de queda dos pelos dos gatos sem que haja processo inflamatório ou prurido e é mais observada em gatos de abrigo que sofreram de infecções respiratórias, principalmente acompanhadas de febre. Felizmente os pelos voltam a crescer sem que um tratamento precise ser instituído.

Diagnóstico e tratamento

Procure um veterinário o mais rápido possível, para um tratamento mais adequado. Exames podem ser pedidos e uso de pomadas necessário para que o seu gatinho fique curado.

Leia também:

Mau Hálito em Animais: Pode Ser Doença Periodontal

Alimentos Proibidos Para Os Gatos

Siga nos no Facebook Fantástico Mundo Animal e receba dicas e notícias nas redes sociais.

Envie seu comentário:

Você também pode gostar: